DBC

Ponte de Lima: Parque Temático do Arnado

O Parque insere-se no projeto global de valorização das margens do Rio Lima. Nasceu da ideia de criar um jardim temático, que permita fazer uma viagem pela história de arte dos jardins. Ao mesmo tempo que se faz a reutilização das estruturas pré-existentes da exploração agrícola, integram-se nos antigos campos jardins eruditos característicos de diferentes épocas, e fazem-se plantações com um sentido pedagógico, permitindo a constituição de um verdadeiro horto botânico, onde se integra uma grande estufa.
A cultura rural está presente através das ramadas com vinha, os sistemas de rega a partir dos tanques e regueiras em granito, bem como a eira e o espigueiro. O período romano foi o eleito para a caracterização da história de arte dos jardins, dadas as influências culturais ainda bem presentes na Vila de Ponte de Lima.